Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Preparativos para a Black Friday 2021 estão a todo o vapor

Descubra como oferecer e aproveitar bons descontos 

Já virou tradição. Fim de ano é sinônimo de Black Friday. E no Brasil a data tornou-se um fenômeno de vendas. A Black Friday é muito importante para que empreendedores impulsionem seus negócios, fidelizem clientes e, principalmente, atraiam novos consumidores. Já para quem compra, esse dia é uma ótima oportunidade para conseguir aqueles produtos tão desejados, pelo preço dos sonhos. Quer saber a data certa da Black Friday 2021, como oferecer e aproveitar bons descontos? Então, continue lendo…

 

Como surgiu a Black Friday 

A Black Friday começou nos EUA, em meados de 1869, quando dois acionistas de Wall Street decidiram, em uma sexta-feira, investir elevados aportes em ouro.  O mercado não reagiu bem e acabou ocorrendo uma grande crise. Por muito o termo “Black Friday” foi associado a este evento.

A “Grande data de descontos”, como a conhecemos hoje, veio em meados de 1960, quando policiais da Filadélfia se referiram ao termo para descrever o trânsito caótico gerado pelo Dia de Ação de Graças.  Comerciantes viram uma oportunidade para divulgar promoções em meio àqueles dias mais movimentados.

E no Brasil? Aqui, a Black Friday chegou em 2010, no comércio virtual. 


Naquele ano, aproximadamente 50 lojas do varejo participaram do evento, arrecadando R$ 3 milhões.  Em 2011 o volume transacionado ultrapassou R$100 milhões.  Em 2013 o valor chegou a R$ 770 milhões.  Já em 2020, a Black Friday atingiu surpreendentes R$5,1 bilhões.

Com o sucesso alcançado, negócios de diferentes segmentos e portes também investiram nas promoções, atingindo a popularidade atual do evento.


Para saber mais:
   
Além da Black Friday, existem outras datas de grande movimento no comércio eletrônico que estão por vir. Confira abaixo:

  • Sexta-feira, 26 de novembro – Black Friday
  • Sábado, 27 de novembro – Sábado posterior à Black Friday
  • Segunda, 29 de novembro – Cyber Monday 
  • Sábado, 18 de dezembro – Super Sábado
  • Quarta-feira, 22 de dezembro – Dois dias antes da véspera de Natal
  • Quinta-feira, 23 de dezembro – Dia anterior à véspera de Natal

 

Aposte em formas de pagamento variadas

Existem variadas opções de pagamento, portanto, quem não apostar na agilidade e segurança, pode perder clientes. Se você ainda não trabalha com Pix e WhatsApp Pay, por exemplo, este é o momento de se atualizar a essas formas de recebimento. Claro que os tradicionais boletos e cartões de crédito e débito precisam estar também à disposição do consumidor, então, se por acaso ainda não possuir uma máquina de cartão de crédito, dê uma olhada nas opções da Zignet, basta clicar aqui.

De acordo com estimativa do site Canaltech, 51 milhões de pessoas devem usar o WhatsApp como forma de pagamento. É importante destacar que o WhatsApp possui uma base de 130 milhões de usuários no Brasil.
  

A regra básica é: Ofereça aos seus clientes a possibilidade de escolher a forma de pagamento que ele mais se identifique.

 

Clientes têm a informação em suas mãos, trabalhe com ofertas reais

Promoções, descontos e preços atrativos. OK, mas seja consciente e trabalhe com preços reais. O cliente tem acesso a muitas informações, e, com a facilidade pode pesquisar preços identificando se a oferta é legítima ou não. Além disso, alguns pontos precisam ser levados em conta: 

 

  1. Pré-campanha – Vale apostar na estratégia da pré-campanha. Basta antecipar algumas ofertas, tendo a possibilidade de conquistar reconhecimento no mercado. Apresentar ao consumidor ofertas e promoções, retorna ao seu negócio boas chances de aumentar a base de clientes. Mas cuidado: É preciso associar a pré-campanha com a Black Friday, para alcançar bons resultados.

 

  1. Analise os preços dos concorrentes – Sim, não há nada de negativo nisso. E o motivo é simples: Se você der um desconto e o valor do produto ficar desproporcional ao mercado, as chances de compra serão muito pequenas. O preço tem que ser atrativo, o que não significa que ofertar um valor muito inferior seja recomendado. Analise como estão os valores da concorrência, dê descontos reais, vantajosos para o cliente e para você. Detalhe: Para quem trabalha com a venda pela internet, não adianta ter preço bom, mas frete alto ou prazo de entrega longo.

 

  1. Reforce o seu estoque – Na Black Friday, o que manda mesmo é oferecer descontos agressivos. Porém, não faça isso com todos os produtos. Escolha alguns itens que sejam mais competitivos, faça uma ótima negociação com os fornecedores e reforce o estoque desses produtos. Conseguindo bons descontos na aquisição você poderá oferecer descontos maiores aos consumidores. Simples assim. E não cometa o erro básico de dar pequenos descontos de, por exemplo, 5% em todos os produtos. 

 

  1. Invista em marketing digital – Não dá para ficar de fora das redes sociais e do Google Ads. É claro, foque no engajamento no Facebook e Instagram. Sempre com o pé na realidade. Pergunte: Se eu fosse comprar, essa estratégia faria sentido para mim? Pense suas ações e campanhas com pelo menos 30 dias de antecedência. Mantenha seus clientes informados sobre suas promoções e condições diferenciadas na Black Friday. Um brinde também pode dar bons resultados.

 

  1. Transparência – Não aumente o preço de um produto para aplicar o desconto. A transparência é primordial, faça promoções reais. Você pode até usar a Black Friday como um “queimão”, oferecendo preços imperdíveis aos produtos pouco procurados. 

 

  1. Compre agora, pague depois – Aposte na estratégia de BNPL (sigla em inglês), que quer dizer: parcelamentos sem cartão. Pode ser oferecida na Black Friday como um diferencial, atraindo compradores que não têm cartão de crédito, não querem comprometer o limite ou preferem mais alternativas.

 

  1. Identidade visual – Imagem é tudo! Crie uma identidade visual especial, chamando a atenção para as condições especiais oferecidas na Black Friday.

 

  1. Perfil do consumidor – Conheça o seu público e o que ele busca. É fundamental entender bem o perfil e os hábitos de compra do seu público-alvo. Assim, será mais fácil identificar o que o seu consumidor pretende comprar na Black Friday. Como? A pesquisa de mercado voltada para a buyer persona é uma grande aliada. Com ela, você poderá identificar como o seu consumidor se comporta e traçar uma boa estratégia.

Dica extra: Você pode criar a sua pesquisa de buyer persona na Plataforma de Pesquisa do Opinion Box.


Agora que você já está por dentro de todos os detalhes de uma das datas mais esperadas do ano, aproveite para comprar ou vender tudo o que tem direito na Black Friday 2021. 

 

Black Friday na ZIGNET 

Vêm aí o Black November Zignet. Cupons de descontos especiais para você aproveitar toda a comodidade das soluções Zignet, por condições ainda mais imperdíveis. 

       

Fique ligado nas redes sociais da Zignet…  Em breve muito mais novidades…