Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Os meios de pagamento da Zona Azul de São Paulo mudaram, confira as novidades

Uma nova concessão começou a valer para a Zona Azul, em São Paulo, obrigando a todos os motoristas a ficarem bem atentos às regras estabelecidas. Agora, a Estapar será a única empresa capaz de gerenciar as mais de 50.000 vagas da cidade graças à aprovação de uma licitação.

Serão 15 anos de contrato, fazendo com que a empresa repasse um valor milionário para a Prefeitura de São Paulo. No entanto, há algumas informações com as quais os motoristas precisarão contar de agora em diante. Confira, abaixo, quais são elas.

Os valores e regras da Zona Azul irão mudar?

Ainda que a mudança tenha sido realizada com relação à Zona Azul na região de São Paulo, é válido ressaltar que os valores cobrados aos usuários, bem como as regras de utilização, não serão modificados. No ano de 2016, uma modificação já havia ocorrido, substituindo o papel para servir de maneira 100% digital.

De acordo com uma nota emitida pela própria prefeitura de São Paulo, o novo contrato poderá fazer com que o sistema seja ainda mais modernizado, utilizando de novas tecnologias de identificação automatizada no uso de vagas. Além disso, os serviços de aquisição de um Cartão Zona Azul Digital ajudará a encontrar estacionamentos livres em tempo real.

Como posso baixar o aplicativo da Estapar?

Agora que o serviço será realizado 100% on-line, é necessário que todos os usuários estejam por dentro da novidade para não acabar passando por qualquer imprevisto. Pensando nisso, a própria empresa criou um aplicativo chamado Estapar Zona Azul – SP.

Seu download é gratuito por meio das lojas virtuais, tanto para os usuários de iOS quanto para os usuários Android. Basta pesquisar pelo nome mencionado anteriormente, fazer o cadastro com o CPF e criar uma senha para realizar o login.

 

Como conseguir créditos para o estacionamento da Zona Azul?

No ano de 2020, até o mês de novembro, ainda era possível comprar os Cartões Azuis Digitais utilizando o aplicativo das empresas que já eram credenciadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego ou em qualquer outro ponto de vendas que fosse credenciado para tal.

No entanto, atualmente, a aquisição eletrônica dos cartões da Zona Azul só poderá ser realizada pelo aplicativo disponibilizado pela Estapar, mencionado no tópico anterior. A compra poderá ser feita por cartão de crédito. Para quem ainda tinha crédito nos outros aplicativos, foi possível ativá-los até o dia 15 de fevereiro de 2021.

A partir do mês de fevereiro deste ano, o usuário terá que migrar, obrigatoriamente, para a nova plataforma por meio do aplicativo disponibilizado pela Estapar. Isso porque, de acordo com as informações repassadas, o programa irá incorporar, automaticamente, os eventuais créditos adquiridos antes da modificação.

Com as necessidades do público, a empresa também afirma que está trabalhando para a inclusão de novas formas de pagamento para a aquisição de créditos da Zona Azul de São Paulo. Aos poucos, serão liberadas as opções com cartões de débitos, carteiras virtuais e boleto bancário.

Quais são os preços dos cartões?

Um CAD, assim como é conhecido, poderá equivaler a uma hora de estacionamento. Isso quer dizer que cada cartão custará R$ 5,00 (cinco reais), correspondendo ao mesmo valor que era cobrado anteriormente na região. A regra valerá quando a placa da Zona Azul não indicar o tempo em que o cartão é válido.

De acordo com a Estapar, só será possível utilizar, no máximo, dois CADs por vaga. Ou seja, você não poderá exceder a utilização de uma mesma vaga por mais de duas horas. Caso o veículo não seja retirado do local após esse período, será possível receber uma multa por infração grave e, também, o carro poderá ser levado pelo guincho.

Em casos de caminhões, a regra é um pouco mais rígida. Por ocuparem muito espaço no estacionamento, além de exercerem funções diferentes de veículos de menor porte, um CAD só irá equivaler a 30 minutos, ainda frisando a regra de dois cartões para uma mesma vaga.

Caso o usuário acabe ativando o CAD um pouco antes do horário em que a Zona Azul se inicia, será preciso indicar, dentro do aplicativo, qual o horário de início que corresponde à placa de sinalização.

Mais de uma placa pode ser cadastrada no aplicativo?

Não há qualquer restrição relacionada com o número de placas em um mesmo aplicativo. Sendo assim, você poderá realizar quantos cadastros achar necessários para utilizar o estacionamento, contanto que não exceda o número de dois cartões em uma mesma vaga diariamente.

Como é realizada a fiscalização dos veículos na Zona Azul?

Na Zona Azul, a fiscalização será realizada por meio de agentes de trânsito, utilizando a placa do veículo como uma referência. Tudo é feito pelo aplicativo para otimizar o tempo de análise. Além disso, os automóveis poderão ser fiscalizados por veículos com câmeras embutidas, bem como equipamentos de geolocalização, capazes de ler as placas.

Com relação às vagas reservadas para pessoas idosas, portadoras de deficiência ou com alguma dificuldade de locomoção, os cartões ativos serão obrigatórios sobre os painéis do veículo, bem como o Cartão DeFis ou o Cartão Idoso, sendo capazes de informar para o fiscal de qual tipo de condutor se trata aquele automóvel estacionado na vaga.

O aplicativo da Estapar é válido em outras cidades?

É válido ressaltar que o aplicativo criado pela Estapar não é válido para outras cidades, apenas para São Paulo, abrangendo a Zona Azul da região. Seu uso é exclusivo na região paulista.

Como é possível localizar as vagas na região?

Por meio da implementação de um aplicativo para controlar o fluxo na Zona Azul de São Paulo, é possível ter uma visão melhor acerca das vagas de estacionamento disponíveis. É por isso que o condutor precisará estar com o smartphone em mãos.

Acessando o próprio aplicativo da Estapar, é possível localizar as vagas disponíveis, além de registrar o horário de início e o horário de saída. Dessa forma, é possível estabelecer uma maior organização e, ainda por cima, permitir que outros usuários consigam se programar para deixar o veículo em determinada vaga.

 

Não estava sabendo da novidade e foi multado por estacionar sem o cartão zona azul digital ?   Parcele suas multas com a Zignet. 

Acesse o link abaixo e simule on-line:
https://www.zignet.com.br/parcelamento-de-multas/