Como fazer o pagamento DPVAT em 2019?

Como fazer o pagamento DPVAT em 2019?

É importante realizar o pagamento DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) em 2019. Já que ele possibilita indenizações a todos os condutores que sofram acidentes, os quais envolvem o seu veículo.

Este é um imposto obrigatório e, com isso, todos os cidadãos que possuem veículos devem realizar o pagamento todos os anos. Pois, caso contrário, o veículo não irá estar devidamente legalizado para circular nas vias e rodovias da região.

Além disso, se você for parado dirigindo o seu veículo irregular, pode ter certeza que isso não será uma boa experiência. Assim, vale a pena você seguir este conteúdo sobre pagamento DPVAT em 2019, já que ele tem por objetivo lhe informar sobre o assunto, não deixando nenhum detalhe para trás.

Entenda mais sobre como fazer o pagamento DPVAT em 2019

Segundo a Lei nº 11.482/07, que torna o seguro obrigatório, todos os motoristas brasileiros, passageiros e também pedestres serão amparados em casos de acidentes, independentemente de quem for o culpado.

Assim, ao pagar este imposto, você poderá garantir a indenização em casos de invalidez permanente ou morte, dado que ele cobre todas as despesas médicas e hospitalares que forem apresentadas como prova.

Veja como dar entrada no DPVAT 2019

Ainda sobre o pagamento DPVAT 2019, uma dúvida muito comum dos motoristas é sobre como dar entrada nele. Mas fique tranquilo, isso é algo bastante simples, tal procedimento pode ser realizado em agências dos Correios ou por seguradoras consorciadas em todo o país, bastando apenas apresentar a documentação.

Além disso, o período para dar a entrada no seguro é sempre de três anos depois do ocorrido, portanto há um bom tempo para que os motoristas possam resolver os seus problemas.

Vale ressaltar também que é interessante que o próprio beneficiário ou um representante legal faça todo o procedimento que mostraremos a seguir, já que isso evita o risco de encontrar complicações na hora de solicitar a indenização.

Confira como realizar a consulta DPVAT 2019

Antes de realizar o pagamento DPVAT 2019, vale a pena realizar uma consulta. E, para isso, você pode simplesmente entrar no site oficial da secretaria da fazenda, ou até mesmo acessar a plataforma de alguma seguradora conveniada, como esta.

Assim, no próprio site da seguradora, é possível obter uma série de  informações que estejam relacionadas ao DPVAT do seu estado, como valores, onde realizar o pagamento, entre outros.

Conheça o valor do DPVAT 2019

Quanto aos custos do DPVAT 2019, saiba que todos os anos o valor é sempre definido pelo Denatran e depois repassado para os contribuintes por meio da Seguradora de Trânsito.

E, se você ainda não realizou o pagamento, é importante saber que, desde o ano de 2018, já não é mais possível realizar o parcelamento do valor total.

Entenda como realizar o pagamento DPVAT em 2019

Quanto ao pagamento DPVAT em 2019, é fundamental que todos os motoristas paguem em dia, pois somente assim é possível garantir a indenização através do seguro em situações de acidentes. Então, uma vez que regularizado, é possível cobrir qualquer tipo de despesa em caso de morte ou invalidez permanente.

Dessa forma, pode-se dizer que este é um seguro possui função social, pois ele é capaz de proteger toda a população do país. Assim, quando for regularizar um veículo, você já sabe a importância do pagamento DPVAT. Mas, para esclarecer como realizá-lo, confira o passo a passo abaixo!

  • Primeiramente, você deve separar a documentação necessária, tais como número da placa e RENAVAM do seu veículo;
  • Após isso, você deve se dirigir até uma agência de um dos bancos, como Bradesco ou Banco do Brasil, ou se preferir, pode usar o internet banking deles.
  • Por fim, basta que você apresente o documento e o dinheiro para a quitação da sua dívida.

Não se esqueça que pagamento DPVAT em 2019 deve ser realizado juntamente a primeira parcela ou na cota única do IPVA. Por isso, é essencial que você tenha em mente a data limite para pagar estes impostos obrigatórios.

Veja abaixo como dar entrada no DPVAT

Para que você dê entrada no seguro DPVAT, o representante legal da vítima deve se dirigir até algum posto de atendimento da Seguradora mais próxima com a documentação em mãos para que possa relatar toda a situação.

Já em relação a documentação necessária, esta é a seguinte para caso de indenização por morte:

  • RG ou então qualquer outro tipo de documento de identificação que seja legítimo da vítima, como Carteira de Trabalho, CNH, Certidão de Nascimento ou de Casamento.
  • CPF da vítima.
  • Certidão de Óbito ou uma cópia que esteja autenticada.
  • Boletim de Ocorrência Policial.
  • Laudo do Exame divulgado pelo IML ou então uma cópia autenticada.

Quanto ao caso de indenização por invalidez permanente, os documentos necessários são:

  • Documento de Identificação da Vítima, como RG, CNH, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento, tudo em cópias.
  • Cópia do CPF da vítima.
  • Comprovante de residência.
  • Laudo do IML do local onde foi o ocorrido.
  • Registro ou o Boletim de Ocorrência Policial.
  • Boletim de Atendimento do Laudo do IML.
  • Declaração de Ausência do Laudo do IML.
  • E, por fim, a autorização de pagamento.

Em relação a indenização para as despesas médicas, os documentos que são necessários são:

  • RG ou qualquer outro documento que seja de identificação legítimo da vítima, como CNH, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento ou de Casamento.
  • CPF da vítima.
  • Comprovante de residência.
  • Boletim de Ocorrência Policial.
  • Boletim ou Relatório do primeiro atendimento médico.

Para finalizar, ao fazer o pagamento DPVAT em 2019, é essencial pensar que o pagamento será realizado para a vida e para todos que prezam pela segurança no trânsito. Por isso, fique atento e sempre se mantenha em dia com os seus impostos.