Evite que sua CNH seja suspensa por dívidas

Evite que sua CNH seja suspensa por dívidas

Preocupado com a notícia de que sua CNH pode ser suspensa por dívidas? Acompanhe aqui a matéria completa!

Recentemente um boato circulou pelas redes sociais e também pelo aplicativo whatsapp. A notícia informava que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou o cancelamento automático da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de condutores que estivessem com o IPVA atrasado.

A mesma nota afirmava que condutores habilitados com os nomes inscritos nos órgãos de proteção de crédito (SPC e Serasa) correriam o risco de ter a CNH suspensa.

Segundo a corrente, que rapidamente se espalhou por muitos grupos de mensagens, os cidadãos que tivessem dívidas de até R$ 2.000,00 teriam suas CNHs automaticamente suspensas por 12 meses. Já para aqueles com dívidas que somavam o montante superior a R$ 2.000,00 a CNH estaria, também automaticamente, suspensa por 24 meses.

Contudo uma matéria publicada pelo ESTADÃO averiguou o boato e o classificou como fake new!

Os jornalistas entraram em contato com o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e a assessoria de imprensa do tribunal afirmou que não existe cancelamento automático. É possível sim que CNHs sejam suspensas, mas tal ação nunca é efetuada de forma automática e cabe ao juiz analisar cada caso e quais as medidas são as medidas aplicáveis para cada processo.

Quando sua CNH pode ser suspensa?

cnh suspensa

Como vimos, por trás desta notícia falsa há uma informação verdadeira: existe a possibilidade de suspensão da CNH. Mas, mesmo nestes casos, esta não é uma medida automática.

Assim, vale a pena ressaltar que apesar de não existir cancelamento automático de CNHs por motivos de dívidas com o SPC ou a SERASA, circular com seu veículo com impostos, como a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA),  vencidos pode gerar multas para o condutor ou proprietário do veículo. E dependendo da pontuação restante do condutor, existe a possibilidade da cassação da CNH ou ainda suspensão do direito de dirigir.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista que for flagrado dirigindo o veículo com IPVA atrasado está sujeito a infração gravíssima, o que gera a perda de 7 pontos na CNH além de pagamento de multa de R$ 293,47.

Já para os motoristas que forem flagrados sem o Licenciamento Anual, bem como os prejuízos citados, o motorista ainda terá o veículo apreendido. A falta do pagamento deste documento é fator impeditivo para circulação do veículo em ruas e estradas municipais, estaduais ou federais.

Não deixe de quitar seus débitos no Detran

Não se preocupe. Se você está com o IPVA, licenciamento ou multas em atraso, a Zignet possui a solução ideal para você quitar suas dívidas e não correr o risco de ficar sem o seu veículo ou ainda sem o direito de dirigir.

A Zignet é credenciada oficial do DENATRAN e conta com um programa de parcelamento de débitos do via cartão de crédito. O projeto busca reduzir o número inadimplentes com o Detran em todo território nacional e permite que os usuários quitem os débitos de maneira fácil e descomplicada. Tudo isso atendendo aos mais altos padrões internacionais de segurança de dados. Se você está com débitos em atraso conte conosco e escolha a parcela que cabe no seu bolso sem comprometer o seu orçamento.

A Zignet oferece ainda a possibilidade de você dividir o pagamento em cartões de crédito diferentes, esse diferencial é importante para quem não possui todo o limite disponível em um único cartão.

Se você não possui cartão de crédito, não precisa se preocupar. Com a Zignet você pode utilizar cartões de familiares e/ou amigos para quitar os seus débitos e poder rodar com seu veículo sem preocupação ou dores de cabeça. Também é possível quitar seus débitos na opção débito.

Portanto, se você estava preocupado com as notícias que circularam nas redes sociais, pode ficar tranquilo porque as CNHs não serão canceladas automaticamente. Mas lembre-se de manter a documentação em dia e com os pagamentos atualizados para garantir sua CNH sempre na carteira e, em caso de imprevistos, faça o parcelamento na Zignet.