Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Como surgiu o dia do consumidor? Descubra tudo sobre essa data

No dia 15 de março do ano de 1962, o atual presidente John Kennedy instaurou o Dia do Consumidor como uma forma de entregar maior proteção para os compradores dos Estados Unidos. Sendo assim, eles poderiam fazer as suas compras livremente, com todos os direitos assegurados.

Dentro do discurso realizado pelo presidente, foi possível colocar o direito do consumidor dentro de quatro importantes pilares:

  • direito à segurança;
  • direito à informação;
  • direito à escolha;
  • direito a ser ouvido.

Desde então, todos esses tópicos são amplamente divulgados, inclusive no Brasil, que também tem levado os pilares cada vez mais a sério.

De fato, a importância desta data ultrapassa muitas barreiras, demonstrando não apenas uma oportunidade de fazer boas compras. O principal ponto está voltado para o direito do consumidor e a sua proteção, seja em aquisições físicas ou pela internet, permitindo que ele se sinta seguro em qualquer ambiente.

Como é visto o Direito do Consumidor no Brasil?

No país, os direitos oferecidos aos consumidores são amparados pela Lei nº 8.078, instaurada em setembro do ano de 1990. No entanto, ela só entrou em vigor no ano de 1991, mais especificamente em março. Querendo ou não, esse fato tem muito a nos dizer acerca do Dia do Consumidor no Brasil.

Por outro lado, com a criação do Código de Direito do Consumidor, o Procon também surgiu (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor). Ele está presente em todos os estados do país e tem como principal objetivo atuar como um verdadeiro mediador entre os compradores e todas empresas que fornecem produtos e serviços.

Dia do Consumidor no varejo

Ainda que essa data não tenha um reflexo tão impactante no mercado quanto a Black Friday, o Dia do Consumidor não deixa de ser importante. Assim, milhares de lojas brasileiras oferecem promoções e descontos para quem deseja adquirir um item ou contratar um serviço.

No Brasil, as comemorações referentes à data passaram a ser conhecidas como “Semana do Consumidor”, visto que, para atrair um maior número de interessados, o comércio estende as suas promoções, possibilitando um maior volume de vendas.

Como será o Dia do Consumidor em 2021?

No Dia do Consumidor de 2021, com a quarentena ainda em vigor, é muito provável que a maior movimentação ocorra dentro do comércio digital, o qual já vem apresentando ótimos números desde 2020. De acordo com uma pesquisa realizada pela Criteo, o desempenho das lojas virtuais diante do isolamento social disparou drasticamente.

Ainda nessa pesquisa, constatou-se que consumidores entre 36 e 50 anos foram os que mais gastaram dinheiro, sendo responsáveis por 33,9% do volume de compras. Em seguida, vimos as pessoas entre 26 a 35 anos, correspondendo a 31,7%. Depois tivemos um público de até 25 anos, com 19% e, para finalizar, os com mais de 51 anos, correspondendo a 15,4%.

Em relação às regiões do Brasil, as com maior índice do consumo são divididas da seguinte forma:

  • Sudeste: 66,7%;
  • Nordeste: 14%;
  • Sul: 11,5%;
  • Centro-Oeste: 3%.
  • Norte: 2,1%.

Como se preparar para o Dia do Consumidor?

Ainda que o Dia do Consumidor possa representar algo positivo, tanto para quem compra quanto para quem vende, é necessário tomar alguns cuidados. Muitas lojas acabam colocando placas enormes com promoções quando, na verdade, o produto continua custando o mesmo valor.

Faça uma lista com tudo que gostaria de comprar e anote os principais preços. Assim, quando for aproveitar a semana de descontos, você poderá ter a certeza se está economizando de verdade ou sendo enganado. Alguns sites comparadores de preço, como o Buscapé, também ajudam com isso, mostrando o histórico de um determinado produto.

20% off.
Na semana do consumidor 2021, a Zignet está com uma oferta imperdível. 20% de desconto em qualquer parcelamento de débito veicular.  Aproveite e regularize todos os débitos do seu veículo. Simule on-line, no link: https://www.zignet.com.br/parcelamento-de-multas/