Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Como consultar débitos de veículos pelo Renavam

Evite dores de cabeça, consultando dívidas pelo número do Registro Nacional de Veículos Automotores. É tudo muito fácil e gratuito, saiba o passo a passo

Você tem certeza de que está tudo em dia com o seu veículo ou com aquele automóvel que você vai comprar? Neste artigo vamos explicar como consultar débitos de veículos pelo Renavam. E é tudo muito fácil.
Melhor ainda: gratuito. Continue lendo para entender todo o processo, passo a passo.

 

Entendendo o Renavam

O RENAVAM é a identificação que é realizada pelo DETRAN, no registro inicial do veículo, no estado onde o seu primeiro proprietário reside (para pessoas físicas), ou, endereço de registro da empresa (para pessoas jurídicas).

O número do Renavam possui 11 dígitos para veículos fabricados a partir de 2013 (antes disso, eram apenas 9 dígitos). Foi preciso mudar, porque a combinação de números estava chegando ao limite. Detalhe:
Se o Renavam de algum veículo começar com 60, significa que o registro é nacional e único.

Nos casos em que houver troca de localidade ou propriedade, o número permanece o mesmo. A identificação numérica é única e intransferível.

 

Quais riscos é possível evitar ao consultar o Renavam?

Ao consultar a situação do veículo regularmente pelo número do Renavam, você pode evitar algumas “dores de cabeça”, como por exemplo:

1 – Ao comprar um veículo – Algumas multas podem levar alguns dias para serem enviadas fisicamente para o proprietário antigo. Entretanto, o lançamento no sistema do Detran tende a ser mais rápido. Embora a transferência efetiva só seja permitida com a quitação de todas as dívidas, se você comprar um veículo seminovo (ainda que através de um contrato de compra e venda inicial), todas as dívidas em aberto passam a ser sua responsabilidade. Para evitar problemas, o recomendado é certificar-se de que a documentação do veículo esteja em dia;

3 – Transferência do veículo – Fique atento, porque, mesmo que você compre ou venda um carro com dividas, para fazer a transferência de forma regularizada é preciso que todos os débitos estejam pagos;

4 – Apreensão do veículo – Por fim, para não correr o risco de perder a CNH, e pior ainda, ter o carro apreendido, tudo deve estar em dia, ou seja, sem débitos.

 

Como consultar os débitos do veículo pelo Renavam?

A consulta de débitos pode ser feita de várias maneiras.

Listamos abaixo duas delas:

 

Através do site da Zignet:

Por ser credenciada oficial do Denatran, a Zignet proporciona, através do link https://parcelamento.zignet.com.br/, uma forma prática e segura para a consulta e parcelamento de débitos veiculares. 

 

 

Através do site do Detran:

O modo como a consulta de multas e demais débitos pelo número do Renavam é feita pode variar de acordo com o estado:

 

Abaixo a relação de links:

Acre
http://www.detran.ac.gov.br/

Alagoas
https://www.detran.al.gov.br/

Amapá
http://www.detran.ap.gov.br/

Amazonas
http://www.detran.am.gov.br/

Bahia
http://www.detran.ba.gov.br/

Ceará
http://www.detran.ce.gov.br/

Distrito Federal
http://www.detran.df.gov.br/

Espírito Santo
http://detran.es.gov.br/

Goiás
http://www.detran.go.gov.br/

Maranhão
http://www.detran.ma.gov.br/

Mato Grosso
http://www.detran.mt.gov.br/

Mato Grosso do Sul
http://www.detran.ms.gov.br/

Minas Gerais
http://www.detran.mg.gov.br/

Pará
http://www.detran.pa.gov.br/

Paraíba
http://www.detran.pb.gov.br/

Paraná
http://www.detran.pr.gov.br/

Pernambuco
http://www.detran.pe.gov.br/

Piauí
http://www.detran.pi.gov.br/

Rio de Janeiro
http://www.detran.rj.gov.br/

Rio Grande do Norte
http://www.rn.gov.br/

Rio Grande do Sul
http://www.detran.rs.gov.br/

Rondônia
http://www.detran.ro.gov.br/

Roraima
http://www.detran.rr.gov.br/

Santa Catarina
http://www.detran.sc.gov.br/

São Paulo
http://www.detran.sp.gov.br/

Sergipe
http://www.detran.se.gov.br/

 

1 – Acesse o portal do Detran do seu estado;

2 – Clique na aba “Consulte suas multas”;

3 – Digite o número do Renavam no campo de formulário;

4 – No quadro seguinte, código de segurança, digite os mesmos caracteres informados na imagem;

5 – Clique em consultar.

 

Como consultar o Renavam pela placa

Normalmente, o Detran não fornece informações sobre Renavam, se você informar apenas a placa do veículo. Nesse caso, a alternativa é verificar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou o Certificado de Registro do Veículo (CRV) para obter o número do Renavam.

É simples. Basta olhar na parte superior esquerda do CRLV, tanto na versão impressa, quanto na versão digital. Ou, se tiver dificuldade, siga o passo a passo:

 

1 – Acesse o portal do Detran e clique no ícone “Veículos”, opção “Veja Também”; 

2 – Clique em “Conheça o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo – CRLV”;

3 – Ou clique em “Conheça o Certificado de Registro de Veículo – CRV”.

 

Como consultar o Renavam no Detran

O Detran não fornece informações sobre o Renavam, histórico do veículo ou informações pessoais do proprietário. A instituição entende que, por ser um documento de porte obrigatório, todos os proprietários de veículos devem possuir  acesso a essas informações. 

  

Não corra riscos, confira se o veículo tem débitos

Além dos débitos considerados normais, há aqueles denominados “restrição do veículo”. Qual a diferença? Nós explicamos para você: 

 

. Débitos do veículo – São aqueles impostos que você não só pode, como deve pagar para regularizar a situação do seu carro:

1 – Licenciamento;

2 – IPVA;

3 – Multas;

4 – Seguro DPVAT.

 

. Restrições – Impedem que você faça a regularização, e acontece o chamado “bloqueio do veículo”. São elas:

1 – Administrativa – Quando a comunicação da venda do veículo para os órgãos responsáveis não é feita; 

2 – Tributária – Quando o veículo possui algum tipo de isenção de impostos;

3 – Judicial – Talvez você conheça como bloqueio RENAJUD, quando há alguma dívida judicial do veículo ou ele está em penhora;

4 – Alienação Fiduciária – O veículo ainda está financiado, é uma propriedade do credor, mas o comprador ainda pode circular com o carro;

5 – Leasing – Funciona como uma espécie de aluguel do veículo pelo banco;

6 – Baixa de Gravame – Quando o veículo é financiado e o banco realiza essa restrição como garantia para a quitação do valor final.

 

Parcele em até 12 vezes com a Zignet

Quer regularizar os débitos do seu veículo ?  Simule online e divida o débito em até 12 vezes. Acesse:
https://parcelamento.zignet.com.br/