Idioma: PortuguesEnglishSpanish
Idioma: PortuguesEnglishSpanish

Antes de pegar estrada no feriado, verifique os itens de segurança do seu veículo

Sempre que há um feriado prolongado, o movimento nas rodovias passa por um crescimento considerável no tráfego, especialmente com destino ao litoral e ao interior. O policiamento nessas épocas é redobrado para garantir que o monitoramento e a fiscalização sejam efetivos, em todas as rodovias brasileiras.

De acordo com a CNT (Confederação Nacional de Trânsito), o Brasil teve uma ligeira queda de ocorrências de acidentes em 2020 em relação ao ano de 2019, foram 3.980 ocorrências a menos. Já o registro dos casos de mortes foi de 45 pessoas a menos, no comparativo entre os períodos.  Embora cada vida “salva” seja importante, os números ainda são preocupantes.

A BR-116 e a BR-101, são as duas rodovias de maior extensão no território brasileiro. Apenas nelas, em 2020, ocorreram 1.326 acidentes, sendo 670 (BR-116) e 656 (BR-101), respectivamente.

O aumento de veículos nas estradas, motoristas cansados, o consumo de bebidas alcoólicas, uso inapropriado de celulares e a falta de revisões necessárias nos automóveis, potencializam os perigos nas rodovias.

Conhecendo esses indicadores, podemos entender como é imprescindível certificar-se de que todos os itens básicos de segurança estejam em ordem, para que a viagem seja segura e tranquila.

Abaixo listamos itens essenciais que devem ser observados, confira:

Documento do veículo

Para não correr o risco de ter problemas ao ser parado pela Polícia Rodoviária, certifique-se que todos os pagamentos estejam em dia: IPVA, DPVAT e licenciamento.

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo em meio eletrônico (CRLV-e) já é uma realidade em quase todo País. O CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do documento físico.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) até o momento, 25 Estados, além do Distrito Federal, já possuem esta funcionalidade. O documento será expedido somente após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito, vinculados ao veículo, bem como o pagamento do seguro obrigatório (DPVAT).

Com a Zignet é possível parcelar suas multas, IPVA, seguro DPVAT, entre outros débitos veículares, simule on-line, sem burocracia em: https://www.zignet.com.br/parcelamento-de-multas/

 

Documento do condutor

Verifique se sua habilitação (CNH ou PPD) esteja regularizada e dentro da data de validade. Se for parado com essa documentação vencida há mais de 30 dias, será autuado com infração gravíssima, prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com uma multa no valor de R$293,47 (valor de fevereiro de 2021) e sete pontos na carteira de motorista, além do recolhimento da CNH e retenção do veículo.

 

 

Pneus

Os pneus fazem parte dos itens fundamentais para uma viagem segura, certifique-se de que eles não estejam carecas, pois são eles que irão garantir a estabilidade do veículo na rodovia. Certifique-se que o pneu reserva (estepe) esteja nas mesmas condições e calibrado. Verifique também o macaco, o triângulo de sinalização e a chave de roda.

Curiosidade Você sabia que o rodízio entre os pneus novos e meia vida, na dianteira ou traseira do veículo, podem afetar a estabilidade do veículo? De acordo com o portal G1, especialistas recomendam, ao contrário do mito popular, colocar os pneus novos na traseira do veículo.  Saiba mais em:
https://www.youtube.com/watch?v=W8ieA0DZmN8

 

 

Freios

Os freios são um dos componentes de segurança mais importantes de seu veículo. Economizar em sua manutenção pode causar danos muito maiores do que apenas financeiros. Os motoristas devem ficar sempre atentos a todos os sinais, falhas ou barulho.

A manutenção preventiva dos componentes se torna cada vez mais importante.

Consulte um mecânico de sua confiança e peça para que sejam verificados itens como: revisão dos pedais, servos dos freios hidráulicos, fluidos, cilindro mestre, mangueiras e canos, pastilhas de freio de lona, discos e tambores.

 

 

Bateria

Com tantos dispositivos elétricos em seu veículo como: sistema de partida, lâmpadas, ar condicionado, som, vidros e travas elétricas, que dependem exclusivamente da bateria, é imprescindível verificar o nível da carga antes de pegar a estrada.

Dicas simples para aumentar a vida útil de uma bateria:

  • Se o carro for ficar muito tempo desligado sem uso, é melhor desconectar a bateria dos terminais positivo e negativo;
  • Nunca esqueça os componentes elétricos ligados;
  • Mantenha sempre os terminais limpos;
  • Garanta a proteção dos terminais;
  • Faça revisões no alternador (é ele o responsável por carregar as baterias);

 

 

Para-brisa

Verifique o estado dos limpadores (palhetas) do para-brisa. Certifique-se de que as borrachas não estejam ressecadas. Em caso de chuva essas peças são fundamentais para sua visibilidade e segurança.

 

Extintor contra incêndio

Importante destacar que os bombeiros e os órgãos ligados ao resgate e salvamento são contra a desobrigação dos extintores nos veículos.

Mesmo o extintor de incêndio não sendo mais um item obrigatório na legislação de trânsito, muitos motoristas o mantêm em seus veículos. Revise a data de validade. Ele poderá salvar vidas.

 

 

Faróis e Lanternas

Com a nova Lei dos faróis que entrou em vigor no país em Julho de 2016, obrigando  todos os motoristas a permanecerem com os faróis acesos, mesmo durante o dia, em todas as rodovias; se tornou mais do que nunca essencial manter esse item do carro em dia. A multa para quem descumprir a Lei é de R$ 85,13, considerada infração leve e quatro pontos na habilitação. Por isso, certifique-se de que não há nenhuma lâmpada queimada antes de sair de casa.

 

 

Troca de óleo

É recomendado realizar a troca do óleo do seu veículo a cada 5 mil ou 10 mil quilômetros, porém, se for fazer uma viagem é fundamental verificar o nível e estado do óleo. Faça sempre a troca do óleo com um mecânico de sua confiança.

 

Depois de todas as revisões realizadas, é hora de pegar a estrada!

 

  • Além de manter o carro e os documentos em dia, lembre-se de tomar todos os cuidados de segurança na hora de dirigir:- Respeite sempre o limite de velocidade compatível com tráfego estipulado de cada rodovia;
    – Redobre a atenção em trechos de curvas fechadas, em caso de neblina ou temporal, acenda os faróis;
    – Mantenha distância segura do veículo à frente, esse espaço pode ser fundamental para evitar acidentes em diversas situações;
    – Não faça ultrapassagem em local proibido (são as principais causas de mortes nas estradas brasileiras);
    – Evite dirigir em condições climáticas adversas, procure um local seguro e espere o temporal diminuir para que não prejudique sua visibilidade;
    – Não faça uso de bebidas alcoólicas;
    – Se estiver cansado e com sono, faça pausas para se alimentar e descansar antes de retomar a sua viagem;
    – Evite os horários de maior tráfego nas estradas.

O respeito às leis de trânsito e o uso do bom senso de cada condutor são primordiais para um trânsito mais seguro.

Mas é importante lembrar: A prudência no trânsito deve ser levada em consideração durante todo o ano

Boa viagem!